Páginas

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Construo a minha música.


como posso eu pensar que o tempo me foge?

O tempo é o passado, é o presente e é também o futuro...

por isso estou sempre no tempo...


o tempo não me foge, eu tenho é o meu ritmo próprio...

não corro atrás do compasso de outrém...


2 comentários:

carlos bruno disse...

na verdade o nosso curso obriga-nos a crescer. nunca pensei que aos 18 anos estaria a dar banho a pessoas, e que agora as 21 vai haver pessoas que dependem de mim, dos meus cuidados. para isso é preciso crescer. ao mesmo tempo penso que se por um lado temos de ser adultos, e organizar a nossa vida enquanto tal, por outro... so tenho 21 anos! ainda tenho tanto para viver...
mas é preciso tempo, tempo para viver, tempo para ser adultos, tempo para sermos nós...

beijinho e boa sorte para o que te falta! agora para mim é tempo de aulinhas :D

Anónimo disse...

és uma optima pensadora..
consegues materializar o que pensas ,
tu
o mundo
ideias...
é so com uma atitude assim se consegue conquistar um lugar......
um lugar q n depende da aprovacao de ninguem
:)

dani
(beijinho babae spero que estejes bem)