Páginas

sábado, 31 de outubro de 2009

Um dia quero ser como tu mãe...

Não sei como consegues manter esse sorriso...
essa vontade, essa energia, esse gosto, essa dedicação...
essa entrega, essa paciência.........

Confesso hoje andei a ajudar-te mas já estava tão cansada, e tu mãe não te cansas?

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

São aqueles momentos mágicos...

Que piada tem estares em tua casa a arranjar-te para sair com ele, se à frente dele tu tomas banho, secas-te, vestes-te, penteias-te, maquilhas-te, perfumas-te... e ainda por cima está sempre:
ainda vais demorar? j
já vou ligar o carro...
Vá despacha-te...

é tão mais interessante fazer tudo isto no teu íntimo, a criar expectativa enquanto te olhas ao espelho. E depois chegas ao encontro e causas aquela sensação... aquele olhar esmiuçado... aquela curiosidade:
- que perfume será este?
(...)

Coração de Pedra

Também os há?
Não acredito nisso...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Há amizades... e ainda bem...

Tudo continua na mesma...
é tão bom presenciar isso, senti-lo

Daniela... que me recebeste com um abarço...

Diana... lembro-me quando há um ano atrás chegamos a pensar:
"Será que depois de Coimbra... vamos continuar a ter cumplidade? ou será que se vai perdendo... sem nos apercebemos..."
A cumplicidade está lá na mesma...
se há amizade é porque há companheirismo... há entendimento... há atenção... há desabafo... há partilha... há apoio... há compreensão...

Estivemos lá... Faltas-te tu Mariana... mas mesmo assim estavas lá também...

E nós (Raquel e Joana) que deixamos uma lembrança à Diana na bandeira da Madeira...Acho que ela ainda não deve ter visto... :)

Foi isto.. foi mais... e foi muito mais...

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Sonhado na noite de 25 para 26...

sim, falei contigo DANIELA... SOBRE isto.. e fui ver o significado...

Especialistas dizem que os sonhos têm significados e precisam ser interpretados. Os sonhos não são à toa. Sonhamos coisas que às vezes podem estar tentando nos dizer algo ou ainda avisar. Muitas pessoas têm premonições em sonhosUm dos sonhos mais comuns e mais enigmáticos é o sonho com cobra. A maioria das pessoas diz que significa que alguém próximo irá trair a sua confiança ou algo do tipo. Muitos sites disponibilizam os significados dos sonhos. Em um deles explica o significado do sonho com cobra dessa maneira:“Símbolo erótico. Pode ainda representar medo ou pavor de algo. Cobra na sua cama: relações amorosas com pessoa infiel. Matar cobra: vitória sobre pessoas que vinham atrapalhando seu sucesso. Seguir uma cobra: respeite suas intuições. Ser perseguida (o) por ela: conquistará vitória considerada impossível. A cor da cobra também é importante. Cobra verde: ninguém a(o) prejudicará; azul: grande energia espiritual; marrom: desejos sexuais; vermelha: paixão violenta; preta: perigo; preta e amarela: desconfie de alguém falso; preta e vermelha: violência. Se a cobra aparece com cores refinadas como azul-celeste ou turquesa, evidenciará amores delicados. Freud não perdoa: “É um símbolo fálico”, dizia. Mas se você vê a cobra saindo da terra, é seu inconsciente trazendo coisas à sua consciência. Sonhos sobre cobras são sempre de difícil interpretação e você precisa analisar sua vida para entendê-los melhor.às vezes, são situações negativas que atrapalham seu progresso. Em muitos casos, é um sonho positivo, que representa dificuldades, mas aponta para soluções.”

sábado, 17 de outubro de 2009

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Que caminho...

Hoje tiraram-me todas as rodadas que pretendia dar ao longo deste caminho...
parece que não há um caminho para mim...
parece que tenho de andar contra-mão...
parece que tenho de desrespeitar todas as regras e todos os sinais...
parece que tudo está tão cinzento...

Olha bem, para esta imagem. que caminho tens tu para seguir?
está escuro com pouca visibilidade,
mas olha bem... até se vê alguma luz...
mas repara qual é a tua via?
pois, não existe...a linha descontínua está na margem da estrada,
como se o caminho para seguires não exista...
só há uma via...
a outra alguém por mão terceiras... a retirou...

E agora o que posso fazer?
Desrespeito regras e sinais ausentes.
Inverto marcha e começo outro caminho noutra direcção.
É assim que me sinto.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Hoje ...


Fui ao Porto, simplesmente passear, ver gente, ver trajados, ver caloiros...
que saudades me dá... também quero voltar a sentir tudo isso...

Mas, quando vimos embora na A3 na direcção Braga encontramos uma fila de trânsito de mais de 5 kM... fila que já existia ás duas da tarde quando nos dirigíamos no sentido Porto...
Bem, ainda não sei o que aconteceu, mas deve ter sido grave...

mas o que me faz vir aqui relatar este episódio é o facto de estarem duas meninas dentro de um carro (eu e a Vânia) a serem constantemente assediadas na fila de trânsito...
estava calor e as janelas estavam abertas para compensar...
porra... não é preconceito, mas que os trolhas são bichos são...
sempre, sempre, sempre... a mandar piropos...do tipo : "ÉS UMA FLOR DE PÊSSEGO!"
Chegamos a mudar para a mesma fila de trânsito dessas duas carrinhas que constantemente nos abordavam, ora um ora outra...
achamos que seria uma forma de evitar ficar nvamente lado a lado, mas o episódio não deixou de se repetir... por todo o lado haviam carrinhas de trolhas... era hora de ponta...
o que mais me impressiona é que não são apenas os quarentões típicos... os da minha idade também são "contagiados" e têm a mesma atitude...

QUE rídiculo...
concerteza isto já aconteceu com vocês raparigas também...

domingo, 11 de outubro de 2009

Ele há coisas...

Então não é que hoje o meu pai quando foi às compras com a minha mãe em dois supermercados, fez uma despesa exacta de 35 €, quer num quer noutro...
é espantoso... conta tão certa, dado que cada artigo é sempre alguns €€ e os famosos 99 cêntimos...
e logo em dois supermercados e no mesmo dia...

sábado, 10 de outubro de 2009

enquanto me puxares para dançar... eu dançarei...

Dancei e dancei ... e continuei a dançar...
adoro que me puxem para dançar... mas para isso preciso de estar socialmente muito bem-disposta...
pronto.. hoje já estava muito mais que isso

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Dá para acreditar que as pessoas têm medo de serem felizes??

MAS, afinal o que é que todos passamos a Vida à procura?
Não é ser FELIZ?
********************************************************
Houve uma vez que eu não procurei ser feliz.
Calei-me.
E agora, acho que passou a oportunidade de expressar...
por mil e um de tempo, por mil e um de espaço, por mil e um de circunstância
Mas, será que o que eu acho que se procurasse, era a minha felicidade?
Pois, ERA mesmo aí que eu queria chegar... é que agora nunca hei-de saber...
e se tivesse procurado das duas uma...
saberia se era a minha felicidade... talvez fosse Feliz...
ou estaria como um passarinho em busca...
Aprendi... só espero que esta lição não tenha sido a minha destruição...
Realmente tive medo...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

com os pés na Terra...

Gosto de andar com os pés na Terra.
De sentir os pés na Terra.
Dá-me segurança.
Dá-me força e energia.
Vontade de seguir.
De alcançar um lugar meu.

Ui! se expresso emoções...

"As emoções são causadas por acontecimentos (...) são entendidas como estruturas de orientação das nossas vidas, especialmente da nossa relação com os outros (...) é algo interior que é exteriorizado, expresso, tendo subjacente a ideia que as emoções são estados internos, semelhantes a substâncias que uma pessoa pode conter ou libertar."

Por José Carlos Santos, 2007

[EU sou bastante emotiva...]


terça-feira, 6 de outubro de 2009

Por Nuno Filipe Vieira Gomes

"[Sobre Coimbra: ..."um jardim de infância dos grandes mas sem educadora.. Pode-se brincar aos pais e às mães.. Ficar acordado até tarde.. o leite com chocolate chamava-se Sagres.. A primária estava a um passo..., mas não valia a pena pensar nisso..." A minha primária nem vai mal.. A dos meus amigos também não..]"


[Estou pa comecar também a minha primária... há-de ir bem também ;)]

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Confesso

Tenho um vício enorme em roer as unhas...

Quando entrei para o ensino superior deixei-me disso,
talvez por falta de tempo [sim, sentia-me sempre ocupada...],
talvez por vaidade [lembro-me de ver a Diana no quarto ao lado sempre a mudar a cor das suas unhas, e eu achava bonito... feminino]
talvez pela persistência de amigos, família [Bárbara, tira a mão da boca!]
Na verdade tinha conseguido ter umas lindas unhas.

Hoje, arruinei todas.
Comecei por tirar o veniz que teimo sempre usar, mesmo o trasparente,
dado que também considerei como uma boa estratégia de fugir a esse mau gesto...
e depois lá se foram as unhas.

Sim, desde que regressei a Fafe,
nem sempre , mas em alguns momentos sinto que estou numa fase da minha vida de regressão,
ou talvez pior, porque em nenhum período anterior estive assim tão desprovida de ocupação...
Penso, que é esse o motivo que me leva a cometer este erro de roer as unhas...

Bem, vou novemente corrigir o corte das mesmas e tentar que cresçam novamente.
[Uma vez por mês, tenho-o cometido... ]

domingo, 4 de outubro de 2009

Que conduta seguir?

Quantas vezes nos perguntamos, digo aquilo, faço aquilo...
Mas acabamos sempre por fazer,
ou melhor eu agora aprendi que se tenho vontade de fazer faço... mesmo que me possa arrepender...

por isso se eu tive vontade de falar, falei.
Se não disse nada jeito, lamento...
Mas apenas segui a minha conduta...
fui EU... o mais espontaneamente possível...

sábado, 3 de outubro de 2009

Ora bem, e da tentativa de um jantar o que se obteve?
uhmmm...
Nada mau... um cafezinho no Bar da Praça. E depois uns lindos finos... com uma noite de chuva bem quente... umas boas conversas, umas boas gargalhadas...
ai, como me já estava feliz...


sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Porque há momentos que se repetem todos os anos...

E este já foi o 5º ano, que festejo ao teu lado os teus anitos Mariana...
o resto... tu sabes... não preciso cansar-me a dizer.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009



Hoje quando ouvi esta música não pude deixar de recordar uma manha as sete horas em Maio, quando na Nossa Orange Tertúlia eu tomava o meu pequeno almoço, para começar mais um turno no IPO... Eis que chegam de uma noite de Queima das Fitas a Raquel e Diana acompanhas lá com o gajo de Tábua de Medicina (que não lembro o nome)... so queriam tostas mistas... eufóricos... felizes.. vibrantes...com a boca tinturada de vodka preta...
Quando passados uns segundos chega a Joana Ramos... o membro que estava em falta naquele momento de emoção... felizes... gargalhando... pulando ... e até mesmo chorando... Quando aos berros surge esta música na nossa TV...
e foi tão fácil envolver-me nesta rede de emoção... Foi sem dúvida a manhã mais bem começada de todas as dos dias que me levantava cedo pa estagiar...
Nunca pensei que o facto de ter ficado a dormir... me ia dar lucidez para viver este grande momento e recordá-lo na sua integridade


[Há momentos...vividos tão intensamente... que só mais tarde recordamos.. o quanto tão intensivamente são vividos...]